clubes - eliminação

Clubes tradicionais do showbol amargam eliminação precoce.

Detentores de títulos na modalidade, Corinthians, Vasco, São Paulo e Santos decepcionam suas torcidas e deixaram o Rio-São Paulo logo na 1ª fase

Por Flávio Dilascio Rio de Janeiro

pontados pela crítica como possíveis candidatos ao título do  Rio-São Paulo de showbol, Corinthians, Vasco, São Paulo e Santos surpreenderam negativamente ao deixarem o torneio logo na primeira fase. A julgar pela tradição das quatro equipes, a eliminação precoce foi um balde de água fria em qualquer prognóstico baseado na tradição da modalidade.

Maior vencedor do Rio-São Paulo (conquistou o torneio em 2007 e 2009), o Corinthians foi eliminado da edição 2011 antes da última rodada da primeira fase. Alegando cansaço por conta de uma série de amistosos realizados na última semana, o Timão não foi páreo para Flamengo e Botafogo, os dois classificados da sua chave. Nesta quinta, o Alvinegro do Parque São Jorge foi derrotado pelo Santos e encerrou sua participação na lanterna do grupo B.

- Sem querer desprezar as boas exibições dos nossos adversários, sentimos o cansaço de uma sequência de jogos que fizemos no Mato Grosso. Nossos jogadores fazem parte da equipe de masters do Corinthians, que viaja o país inteiro para fazer partidas de exibição. Acabou que fomos prejudicados pelo nosso próprio calendário. Contra o Botafogo, isso ficou visível, quando abrimos quatro gols de vantagem e cedemos a vitória no segundo tempo – comentou o técnico do Corinthians, Vaguininho, que diz ainda que as demais equipes evoluíram.

- Os clubes mudaram e o showbol, de uma maneira geral, evoluiu bastante. Mas, apesar da eliminação e da evolução dos adversários, posso dizer que o Corinthians ainda tem um dos melhores times do país e vamos provar isso nos próximos campeonatos – completou.

Atual campeão brasileiro, o Vasco foi outro clube a decepcionar sua torcida. Com a mesma base que conquistou a competição, em setembro, o time da Colina terminou o grupo A em terceiro e amargou a eliminação logo na primeira fase. Técnico da equipe cruz-maltina, Wilsinho admitiu um certo excesso de confiança por parte de seus comandados.

- O título brasileiro também fez os rivais entrarem mais motivados para jogarem contra a gente. O Palmeiras, por exemplo, foi inteiramente dominado pelo Fluminense e, quando foi nos enfrentar, fez uma excelente partida. Acho que todos vieram para o Rio-São Paulo dispostos a fazer uma grande partida contra o campeão brasileiro – avaliou ele, que pede mais equilíbrio ao Vasco nas próximas competições.

- Temos que jogar com mais cadência. No showbol, não adianta você correr muito no início e levar uma virada no decorrer da partida. O ideal é manter o equilíbrio durante os 50 minutos – concluiu.

Os outros clubes tradicionais que decepcionaram foram São Paulo e Santos. Campeão paulista deste ano, o Tricolor veio desfalcado do seu principal jogador, o atacante Amoroso, artilheiro do último Brasileiro. Pelo lado do Peixe, campeão brasileiro em 2008, a base foi mantida, mas a má forma da maioria dos seus atletas pesou nas derrotas na primeira fase. A equipe do Morumbi terminou a fase na lanterna do grupo, enquanto o Peixe ficou em terceiro em sua chave.

 

Leave a Comment

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>